Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

09
Out18

Redes sociais.

O blogue já tinha uma página de facebook porém, decidi criar outra. O motivo é simples: de repente, não sei exactamente como, vi a página crescer em números de fãs chegados de todas as partes do Mundo. Quer eu escreva na página e no blogue com regularidade, quer eu passe semanas ou meses sem o fazer, o número de seguidores aumenta constantemente. A ideia, para mim, daquela página era chegar a quem realmente me lê, indicando novos posts e partilhando bocadinhos de mim pelo instragram e página do blogue no facebook, nunca foi meu objectivo ter pessoas dos cinco continentes a ler-me... não me perguntem como tal aconteceu e, se numa fase, achei aqueles números fabulosos, depressa compreendi que não fazia ideia de como tinha chegado a pessoas tão distintas, em pontos completamente oposto, o que significava que algo de errado se passa com aquela página. Por isso, decidi elimanar a anterior conta e criar uma nova.

Sigam-me no intragramfacebook novo do blogue,

Screenshot_20181009-112543_Instagram.jpg

https://www.instagram.com/m.umardepensamentos/

 

Screenshot_20181009-112506_Facebook.jpg

https://www.facebook.com/m.umardepensamentos/

09
Set18

LinkedIn.

Existiu, outrora, um tempo em que cada plataforma social possuía objectivos definidos e direccionados, com conteúdos próprios. Presentemente, parece que tudo isso mudou e um rosto bonito numa rede profissional é convite para algo mais que não a busca exclusiva de emprego... portanto, expliquem-me lá - como se eu fosse muito burra e muito devagarinho - em que momento o LinkedIn deixou de ser uma plataforma para procura de emprego e visibilidade de competências, mas sim uma plataforma para o engate,

20180906_132027.jpg

O Francisco, uma vez que não lhe dei o meu contacto pessoal, quis saber qual a minha zona de residência e se era solteira, casada ou comprometida... obviamente que não pretendia oferecer-me algum trabalho que me interessa-se. 

 

Foi, no entanto, a primeira vez que isto me aconteceu e escusado será dizer que não gostei. Posto isto pergunto-me qual a utilidade desta rede que, até à data, em nada me ajudou na busca de emprego e desconheço que alguma vez tenha ajudado alguém e que claramente parece ter-se tornado em mais uma rede para o engate... resumidamente, o melhor será eliminar a conta. 

27
Dez14

(devaneios)

Alguém me explica, como se eu tivesse dezassete anos, qual a piada de colocar na página de facebook a seguinte mensagem,

 

Alguém para ir a minha foto de fundo no telemóvel durante dois dias? Escolho às 23.00h.

 

e mais uma data de bonequinhos todos malucos? É isto e aquela história de escolher outra pessoa, mesmo que desconhecida, para capa de facebook. Felizmente, a minha irmã com a mesma idade não adere a essa onde xpto dos adolescentes de hoje. Diz ela que não acha graça nenhuma a isso nem percebe a finalidade. Eu digo que não entendo; ou melhor, até entendo mas, sei lá, não me apetece pensar, melhor, quero conhecer outras opiniões... alguém me explica esta mania dos adolescentes?

 

Sinto-me velha. Raio dos catraios e das modernices.

04
Nov14

Sou cliente do LinkedIn...

ou, que é como que diz, tenho lá conta profissional. Uma desempregada usa todas as estratégias para mudar a sua condição e, segundo os entendidos, aparentemente esta é uma forma distinta de encontrar trabalho. Ora, andava eu a cuscar o mundo profissional do LinkedIn quando me deparo com isto, 

ndqwljfkwq.jpeg

Não tenho nada contra gays nem tão pouco com a nacionalidade do perfil em questão - sim, eu fui cuscar, não resisti * - mas quer-me parecer que alguém se enganou na rede. Acreditava piamente que no LinkedIn, estas coisas não apareciam assim, tão evidentes... jamais pensei que pudessem existir. Mas, desengane-se quem pensa que foi um perfil isolado... o perfil esta inundada de perfis assim!

Na minha santa inocência acreditava que isto era mais uma forma de mostrar o nosso CV às empresas e recrutadores, percebi que também serve para segundos caminhos que não profissionais. Sou mesmo ingénua. Pelos visto, qualquer rede serve para caçar...

 

* (já alguma vez disse que isto, o de ser curiosa, era defeito de profissão? ou de signo? já?) 

companhia literária...

Mais sobre mim

foto do autor

| A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. Fernando Pessoa. |

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Mensagens

Sigam-me

Facebook