Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

25
Ago15

É certo que, a mim, nada me diz mas ...

... confesso que faz-me calafrios e imagino um universo tão negro, frio e negativo sempre que escuto um pai ou mãe tratar um filho ou filha por você - V-O-C-Ê - e, obviamente, o contrário. Catarina, você já escolheu o seu bolo? O menino Gonçalo já pediu o seu gelado? O Pai não vai pedir nada? Dá-me vontade de sacudir pais e filhos e perguntar como conseguem usar o você como se de desconhecidos se tratassem... e quando os pais são casais novos com filhos pequenos a tratarem-se deste modo, menos consigo engolir e compreender. Não é nada comigo mas confesso, faz-me uma confusão tremenda... 

 

tumblr_mycaxmZJEb1qenie3o1_500.jpg

companhia literária...

2 comentários

  • Imagem de perfil

    M*

    27.08.15

    no país onde nasci, Venezuela, esse género de tratamentos, doutor/engenheiro/arquitecto e afins não existiam, eram todos tratados pelo nome e, em alguns casos, por tu - pelo menos é o que os meus pais mencionam imenso.
    tive colegas meus que mal terminaram o curso alteraram cartas e afins para colocarem o doutor e eu limitava-me a gozar... a maioria acabou a ser doutor numa caixa de supermercado. nunca tive essa ambição e poucas pessoas conhecem, na minha terra, a minha formação... apenas algumas me tratam por doutora, não porque eu queira mas porque a pessoa faz questão de usar o termo e, apesar de já estar mais do que habituada, soa-me sempre estranho. ah, e tinha um professor na faculdade que exigia que o tratássemos por excelentíssimo senhor doutor X, nunca me lembrava, tratava-o por doutor X e à custa disso marcou-me na disciplina, embora tenha passado mas, como se diz, "à rasca".
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sobre mim

    foto do autor

    Pesquisar

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • A rapariga do autocarro

      Não conhecia, é uma ideia bem engraçada! Boas leit...

    • marta-omeucanto

      Por acaso este é um dos livros que está na minha l...

    • JustAnOrdinaryGirl

      Ainda não tinha ouvido falar desta caixa mistério,...

    • M*

      eu ainda ando a gatinhar mas vou indo. tenho de i...

    • Just_Smile

      Este ano tinha decidido que também ia mudar a minh...

    | A literatura é a maneira mais agradável de ignorar a vida. Fernando Pessoa. |

    Facebook

    Arquivo

      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D