Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Confesso que...

...não desapareci novamente mas não estou numa fase muito boa ou critiva. Eu até tenho algumas ideias de post, inclusive leituras terminadas e opiniões literárias para partilhar, mas falta-me tempo, vontade, calma, paciência. Pode ser que, para a semana, e com o fim da fisioterapia à lombar, consiga me dedicar um pouco mais à escrita.

images.jpg

LinkedIn.

Existiu, outrora, um tempo em que cada plataforma social possuía objectivos definidos e direccionados, com conteúdos próprios. Presentemente, parece que tudo isso mudou e um rosto bonito numa rede profissional é convite para algo mais que não a busca exclusiva de emprego... portanto, expliquem-me lá - como se eu fosse muito burra e muito devagarinho - em que momento o LinkedIn deixou de ser uma plataforma para procura de emprego e visibilidade de competências, mas sim uma plataforma para o engate,

20180906_132027.jpg

O Francisco, uma vez que não lhe dei o meu contacto pessoal, quis saber qual a minha zona de residência e se era solteira, casada ou comprometida... obviamente que não pretendia oferecer-me algum trabalho que me interessa-se. 

 

Foi, no entanto, a primeira vez que isto me aconteceu e escusado será dizer que não gostei. Posto isto pergunto-me qual a utilidade desta rede que, até à data, em nada me ajudou na busca de emprego e desconheço que alguma vez tenha ajudado alguém e que claramente parece ter-se tornado em mais uma rede para o engate... resumidamente, o melhor será eliminar a conta. 

A Terra a tremer...

Diz-se, aqui pelo Minho, que a terra anda a tremer desde há várias semanas. A quase todas as alminhas que me perguntam "sentiste a terra tremer hoje?" respondo um sonoro "não, mas eu durmo de tampões auditivos" - porque tenho um sono leve e partilho quarto com a minha irmã mais nova que gosta de se deitar tarde. Posso, portanto, concluir que das duas uma: ou os tampões auditivos são realmente eficazes e à prova de sismos - e um dia a casa caí-me em cima e nem irei perceber - ou eu sou um ser humano muito incessível. 

 

637691-760x405.jpg