Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Eu vinha preparar,

um pequeno post para amanhã mas, deparei-me com isto,

 

Captura de ecrã 2015-04-22, às 22.39.20.jpg

 

e isto,

 

Captura de ecrã 2015-04-22, às 21.00.09.jpg

 

e, pronto, mentiria se afirmasse que não gostei de ver o meu post e cantinho destacados. Muito obrigado à equipa do sapo blogs e a todos aqueles que deixaram palavras de força e partilha de experiência. É reconfortante saber que não sou a única que, com tempo e persistência, se aprende e evoluí. Obrigada!

Conversas entre irmãos.

Por falar em conduzir, contei ao meu irmão que, ontem, ao final do dia, meti-me no ovo kinder, juntamente com a minha irmã, aventurando-nos no meio das aldeias, por caminhos apertados, estranhos e recheados de buracos. Expliquei-lhe que, embora não tenha apanhado nenhum susto ou trânsito, constantemente imaginava o momento em que outro carro me aparece-se e eu, assustada, fosse espetar o ovo kinder contra um muro, numa valeta ou no meio do monte. Ele, que é simplesmente um amor de irmão, responde-me,

 

- E depois? O ovo kinder têm seguro contra todos os riscos. 

 

Ah! É sempre útil saber. Já o posso espetar contra o primeiro muro! Mas, porque não me quis ficar, perguntei-lhe,

 

- Olha lá, o ovo kinder pode ter seguro mas, nós podemos ir parar ao hospital! Que raio de irmão que fomos arranjar!

- E? São vocês as duas. É da maneira que deixo de vos aturar enquanto estiverem no hospital... é que vocês são cá umas chatas! 

 

Portanto, a esta frase, responde-lhe a minha irmã,

 

- É bom saber, maninho. Quando fores parar ao hospital, também não te faço nenhuma visita ou, se for obrigada, ainda levas umas chapadas onde mais te doer. É só para avisar!

 

Pronto, é isto. Já pensamos em destruir o ovo kinder e hospitais. A conversa não se ficou por aqui, foi agressiva e feia - ainda assim, estamos todos bons de saúde e com todos os membros no sítio - mas, dá para entender a carga elevada de parvoíce que sofremos. Definitivamente, somos mesmo irmãos... ou não. 

18 | Coisas de blogger... liesbster award.

A Síi, do blog The Girl Of Dream, lançou-me o desafio de responder à Tag Prémio Liesbster Award. Não sendo a primeira vez que respondo a este desafio e, tratando-se de um dos desafios mais divulgados da blogosfera, vou prescindir das regras e saltar às respostas... 

 

18160021_sEbwD.jpg 

 

11 Factos Sobre Mim

 

1. Não gosto do Verão, tolero muito mal o calor. Gosto do Inverno, da chuva, dos dias frios e de sol. 

 

2. Nasci em Junho sendo, na Venezuela, inverno/chuvas.

 

3. Adoro mudar de visual, especificamente, pintar o cabelo. Já fui ruiva, já o tive de preto e, por agora, fico-me por um castanho dourado.

 

4. Adoro abusar de vestidos (embora, nos últimos dias, me esteja a dar para abusar no uso de calças).

 

5. Amo rir. Aqueles risos profundos, sinceros, que fazem doer o corpo.

 

6. Não sei cozinhar nem coser roupa. 

 

7. Adorooooo que me mexam no cabelo - não a cabelereira, essa faz-me adormecer; mas aqueles carinhos leves de quem nos ama (apesar de, no presente, não ter quem os faça). 

 

8. Sou terrível com tudo o que diga respeito à matemática. 

 

9. Sou bastante reservada ao ponto de me considerarem arrogante e anti-social por não me dar a conhecer. 

 

10. Porém, não tenho papas na língua e, o que tiver a dizer, digo-o.

 

11. Os outros sentem dificuldade em conhecer-me mas, até para mim, sou um mistério.

 

11 Questões Colocadas Pela The Girl Of Dream

 

1. O que mais vos apaixona?

O sol de Inverno a aquecer-me a alma, um dia frio que me faz sentir viva, um livro novo, o riso de uma criança, o som das ondas a rebentar na minha praia, as viagens parvas com os meus irmãos e mãe, uma tablete de chocolate, um postal na caixa de correio, uma surpresa, uma música mexida, risos e mais risos, um beijo apaixonado.

 

2. Sonham? Quantas vezes por dia? (Os sonhos que têm durante o sono só contam como metade)

Sou uma verdadeira sonhadora. É algo tão natural, tão meu, rapidamente viajo para o universo paralelo dos sonhos. Grande parte do meu dia é recheado de sonhos. Sou uma eterna sonhadora. 

 

3. São persistentes para combaterem as vossas batalhas diárias?

Nem sempre. É uma questão de difícil resposta. Creio que já fui mais...

 

4. Qual é o melhor sítio para se visitar, de Portugal?

Portugal é um país recheado de locais lindíssimos. Tive oportunidade de andar um pouco de norte a sul do país, por terras de Monção e do Algarve, de Braga e do Marvão, do Porto e de Lisboa, de Amarante e de Constância, de Aveiro e de Campo Maior. Das várias cidades e vilas que conheci, apaixonei-me por uma. Dona de um brilho especial, de ruas pequenitas e bonitas, a quem Amália Rodrigues cantou,

Se o meu sangue não me engana
Como engana a fantasia
Havemos de ir a Viana
Ó meu amor de algum dia

Viana do Castelo, uma cidade que amo, que recomendo. Foi amor à primeira vista, difícil de explicar. Recordo-me de quando a visitamos pela primeira vez e ainda em busca de um local para morar, perguntei aos meus pais se era ali que íamos viver para sempre, porque era a cidade mais bonita que tínhamos visto. Passaram-se anos e, ainda hoje, se pudesse escolher um local para morar, seria esta bela princesa minhota.

 

5. TV ou mar?

Mar.

 

6. Séries ou livros?

Livros, livros e mais livros. Mil vezes melhor do que uma série - excepto A Guerra dos Tronos que me cativou e prendeu desde o primeiro episódio.

 

7. Sofá ou relva?

Ambos. Um e outro são agradáveis.

 

8. Qual a vossa sobremesa favorita?

Mousse de chocolate ou pudim de leite condensado.

 

9. Onde andam as vossas resoluções de ano novo?

Não andam, simplesmente optei por não as fazer.

 

10. Fazem exercício? Com que frequência?

Caminhar conta como exercício físico? Se sim, procuro-o fazer todos os dias, aproximadamente seis quilómetros.

 

11. Gostam de vocês?

É difícil responder. Há dias em que sim, outros em que nem por isso. Tenho, nos últimos anos, procurado aprender a gostar mais de mim, a aceitar-me como sou, a melhorar o que não me agrada. É um processo lento e demorado. Há dias em que me sinto bem com o meu número, o meu peso, o meu tamanho. Mas, há outros em que me apetece odiar-me com todas as forças, em que me considero uma falhada por não conseguir perder peso e a achar que se não fosse pelo tamanho, seria mais feliz. Não é fácil e depende dos dias. Mas, de um modo geral, creio que sim...

 

Obrigada The Girl Of Dream!