Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

Sex | 08.07.16

O tempo dos 28.

M*
Começo a dar-me conta, por intermédio de conversas à hora do almoço com algumas colegas de trabalho, de que estou a ficar velha quando me dizem que aos 26 anos já planeiam o casamento ou, com a mesma idade, mantêm um relacionamento de dez anos. Eu, aos 28, tenho dificuldade em fazer nascer laços de amizade... quanto mais conquistar alguém. É um triste sentir-se sozinha. Dizem-me, com frequência, que é tudo uma questão de tempo, para toda e qualquer conquista - e eu bem o sei -. (...)
Ter | 12.01.16

É estranho, Vida.

M*
A vida é um caminho estranho. Dou comigo, sem o desejar, a imaginar como seria a minha vida presente se nas pequenas escolhas do dia-a-dia de um passado tivesse optado por outro caminho. Os tais E Se... da vida.   Lembro-me, em menina, de desejar nunca crescer. O mundo dos adultos era assustador, chato, aborrecido. Queria permanecer menina. Não me imaginava mulher carregada de responsabilidades. Não tinha presa em crescer. Não queria, nunca quis, ter dezoito anos para tirar a carta (...)
Ter | 03.03.15

É pedir muito?

M*
Não sei se sou eu que sonho demais, que exijo demais, que quero demais mas, às vezes, gostava que os dias fossem mais simples, mais coloridos, mais próximos daquilo que imaginei para os vinte e seis. Não estou a pedir muito, creio eu, bastava que algo de bom tomasse conta dos dias... uma viagem, uma amizade, um trabalho, um amor ou qualquer outra coisa que mudasse os dias de monotonia. É pedir muito?
Qua | 03.12.14

Desabafo natalício...

M*
Como explicar isto? A verdade é que, para mim, o Natal pouco me diz. Começa cedo demais. Farto-me cedo dele. Não me interpretem mal,existe sempre explicação para qualquer coisa e este não é um caso distinto (pode é não agradar mas, enfim, nada posso fazer), Cá por casa, o Natal não possui o mesmo significado que, quiçá, a maioria lhe (...)