Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Domingo à noite...


M*

22.09.14

A minha noite de domingo resume-se a,

 

chá - para combater o frio;

final da novela - esperava um bocadinho mais, um final diferente... inesperado já ele foi, mas faltou qualquer coisa;

manicure;

Factor X - gosto imenso deste género de programas e do Manzarra; *

e computador.

 

Mudei uma vez para a Casa dos Segredos: bastou ver a Teresinha aos berros para mudar de canal. Não vi a estreia da Casa dos Segredos nem precisei: bastava actualizar o meu facebook para ler comentários de amigos, colegas e conhecidos sobre os meninos e meninas a concurso. Portanto, sei que entrou um gajo muita esquisito, um tipo que foi casado com aquela Gisela-qualquer-coisa, uma gaja que nunca fez nada na vida nem quer fazer e alguém que considera o dinheiro a coisa mais importante da vida. Mais do mesmo... e, muito material para a malta das Ciências Sociais e do Comportamento trabalhar. ** 

Ou seja, mantenho-me fiel aos meus queridos júris do Factor X... 

 

* (alguém viu o senhor de Vila Nova de Famalicão a cantar? lindo, lindo, lindo!) (e já referi que acho o Manzarra giro?! sim, é giro!)

** (coisa pouca... trabalho para uma tese de doutoramento, quiçá!)  

É de mim,


M*

14.09.14

ou à série Sal, da SIC, falta-lhe mesmo isso... sal?

 

 

A série vai no sexto episódio e reúne os humoristas Rui Unas, César Mourão, João Manzarra e Salvador Martinha, assim como com a actriz Diana Chaves, para gravar um filme na ilha de Sal, em Cabo Verde. Há algumas boas piadas e situações cómicas mas, parece-me que lhe falta algo mais... sal, muito mais.

Resumidamente, dos seis episódios de Sal, consegui acompanhar apenas três e, enfim, perdeu a graça.

Provavelmente...


M*

22.06.14

... até à duas semanas, eu devia ser a única alminha que nunca tinha visto um único episódio de Games of Thrones ou, em português A Guerra dos Tronos. Já me tinham falado imenso e muito bem da série mas, por qualquer motivo, nunca me tinha despertado a curiosidade... e, logo eu que adoro tudo o que sejam séries sobre histórias do passado, mesmo que fantasiadas. 

O ponto de viragem foi no meu aniversário (sim, o meu deprimente aniversário foi passado a ver séries). À falta de motivos e companhia para festejar, optei por alapar o rabo no sofá e ver o primeiro episódio da primeira temporada de A Guerra dos Tronos. Seguiu o segundo episódio, terceiro e quarto episódio. Sim, nesse dia apaixonei-me perdidamente pela série, pela história, pelas personagens... logo eu que detesto séries com excesso de sangue. São poucas as séries que me agarram e viciam, que me levam a acompanhar as temporadas e, esta, de facto possui todos os ingredientes e mais alguns.

A série fala por si e dispensa mais comentários e apresentações: é das mais vistas em todo o mundo. E, duas semanas depois, com todos as temporadas vistas e aguardando ansiosamente pela quinta, entendo as razões. 

 

The Voice Portugal


M*

13.04.14

O problema do The Voice Portugal é, sem dúvida, estar no canal errado.

 

É isso e o Anselmo Ralph como mentor... A propósito, já consideraram a hipótese de o dito ser acompanhado de legendas? Juro que, por muito que tente, por estes lados não se entende nada.

Ainda vale a pena ligar a TV a um domingo à noite.


M*

02.03.14

Aos domingo à noite gosto de ver o Vale Tudo na SIC. Rio-me às gargalhadas, uma completa maluquinha. Não sou muito de ver televisão, mas este programa é qualquer coisa de cómico. Foge ao habitual, às novelas, reality shows ou afins... e, não faço ideia se o programa é original ou uma cópia.

Apresentado por João Manzarra, o programa já vai na segunda edição, conta com diversos jogos, de entre os quais destaco os cenários 'inclinado e deitado' e a 'serenata'. O elenco residente é composto por: César Mourão e Rui Unas - sendo estes os capitães de equipa - Vera Kolodzig, Dânia Neto, Ana Guiomar, Inês Castel-Branco, João Paulo Rodrigues e Pedro Granger. Todos os domingos surgem novos convidados especiais.

 

 

Não sei o que me atrai mais: se os diferentes jogos, se os convidados. O facto de não existir um guião, de serem obrigados a improvisar, os convidados demonstram um pouco daquilo que realmente são: mais ou menos criativos e espontâneos, mais ou menos divertidos... mais ou menos verdadeiros (embora não fosse bem este o termo que gostaria de aplicar).

O César Mourão e o Rui Unas são, para mim, a alma do programa. Mesmo em equipas separadas, são simplesmente fabulosos. Para mim, é difícil escolher o melhor. Vejo duas pessoas que se divertem e sem aparentar aquela imagem de superioridade.

Gosto igualmente da Ana Guiomar e da Inês Castel-Branco. Para além de excelente actrizes, demonstram que se divertem, através do improviso e da espontaneidade. Há quem acuse a Inês de ser competitiva, não o nego, também sou dessa opinião, mas acredito que a Inês seja uma excelente pessoa e que se trate de uma competitividade saudável... É normal que, a partir do momento em que se pede ao público em estúdio para escolher o preferido, que se note competitividade entre as equipa - aliás, na edição anterior e como elemento residente, Custódia Gallego destacava-se por ser igualmente competitiva. 

A Dânia Neto surpreendeu-me pela positiva. É uma excelente actriz mas não contava que fosse tão divertida e engraçada, com uma capacidade tremenda de improvisar. Em contrapartida, a Vera Kolodzig foi, para mim, um erro de casting: no dia da estreia parecia pouco à vontade e nada divertida - mas ainda é cedo para a avaliar mais. Sobre o Pedro Granger pouco à a dizer: adoro-o. Diverte-se e diverte-me e é isso que interessa!

Não gosto do João Paulo Rodrigues. Já não gostava dele quando apresentava na TVI... desconfio que nunca gostei muito dele. Acho-o 'peixeiro e histérico', sempre aos gritos e com piadas que deixam um pouco a desejar... para mim, quer-se fazer ou passar por engraçado.

Embora goste muito do Manzarra e este género de programas seja a sua cara, a verdade é que me irrita que esteja sempre a fazer referencia ao programa de casa. Ok, suponho que a culpa não seja dele, mas estar sempre a falar do programa de casa ou a interromper o programa para intervalos a meio de um jogo... é irritante e, no mínimo, dá vontade de entrar pelo ecrã e lhe bater.

De entre os convidados que já passaram pelo programa, fiquei visivelmente surpreendida com João Moleira e Filipe Vargas. João Moleira, o jornalista da Edição da Manhã da SIC Notícias despiu a imagem séria e demonstrou ser uma pessoa extremamente divertida. Já Filipe Vargas, o 'Mariano' da novela 'Sol de Inverno' bem poderia juntar-se ao elenco do programa. É fantástico! Divertidíssimo!

Luciana Abreu, a convidada deste domingo e que fez parte da primeira edição do Vale Tudo irrita-me desde sempre. Nunca consegui gostar dela: um pouco sonsa, histérica, em busca do protagonismo, com a mania da superioridade. Enfim, não gosto mesmo dela.

Por tudo isto e pelas peripécias pelas quais os convidados e o elenco residente passam, considero que ainda vale a pena ligar a televisão a um domingo à noite. E, para me acompanhar nas gargalhadas, tenho o meu sofá, a manta e o chocolate milka oreos.

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D