Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

Qui | 12.05.16

Testemunho de uma ex-estudante do ensino privado e público.

M*
Estudei num colégio privado entre o quinto e o nono ano. Igualmente, o meu irmão e irmã estudaram no mesmo colégio que eu. Ele entre o quinto e o oitavo, tendo repetido o oitavo e, abandonado o colégio no nono para frequentar uma escola pública. Ela fez o primeiro e o segundo ano, correspondendo aos meus últimos anos de colégio. Os meus pais optaram por nos colocar num colégio privado porque, se por um lado consideraram ser a melhor escolha para o nosso futuro, por outro pela má (...)
Qui | 28.01.16

Era da tecnologia... e da solidão.

M*
Recentemente, numa viagem de comboio, dei por mim a observar os passageiros da minha carruagem. Grande parte da viagem fiz-a mergulhada na leitura mas, a dado momento, necessitei de parar e reflectir o que lia. Os meus pensamentos literários, tal como as imagens que visualizava da janela do comboio, rapidamente se dissiparam ao contemplar a carruagem, particularmente, duas amigas que se sentaram à minha frente.   
Qui | 07.01.16

Confesso-me ...

M*
... sou uma azelha na condução e tenho por defeito confundir direita com a esquerda mas, nunca, em todos os últimos meses de condutora regular fiz uma rotunda pelo lado de fora quando pretendo sair na terceira saída. Confuso? Pois. A mim também me faz confusão a forma como a maioria do pessoal faz as rotundas. É assim tão difícil seguir está regra,      Regras simples que, aparentemente, a maioria é incapaz de interiorizar. Não fosse eu tão cuidadosa e, quiçá, o estrago (...)
Qua | 30.09.15

Mulheres não se medem pelo tamanho do corpo...

M*
A minha professora de zumba é gordinha. A primeira vez que a vi perguntei-me como era possível. Cai no erro de assumir os preconceitos e estereótipos da sociedade. Uma barriguinha saliente, os braços descaídos e pernas gorduchas. Surpreendentemente, é a mulher mais energética que conheço. Desconfio que o dia daquela mulher é iniciado por uma dose forte de redbull. E, em abono da verdade, escrevesse que ela não se limita a ser professora de zumba... é de pilates, dá aulas de (...)