Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Mulheres não se medem pelo tamanho do corpo...


M*

30.09.15

A minha professora de zumba é gordinha. A primeira vez que a vi perguntei-me como era possível. Cai no erro de assumir os preconceitos e estereótipos da sociedade. Uma barriguinha saliente, os braços descaídos e pernas gorduchas. Surpreendentemente, é a mulher mais energética que conheço. Desconfio que o dia daquela mulher é iniciado por uma dose forte de redbull. E, em abono da verdade, escrevesse que ela não se limita a ser professora de zumba... é de pilates, dá aulas de andebol a miúdos e adolescentes, pratica futebol de salão, fora, evidentemente, as aulas de educação física que lecciona. Adoro-a. É divertida, incentivadora e, no entanto, capaz de nos levar a testar os limites do nosso corpo. Longe do corpo atlético e ideal que a sociedade concebe de uma professora de desporto, a verdade é que a minha G. é uma mulher cheia de chenica e vivacidade. É, resumindo, a prova de que as mulheres não se medem pela forma exterior do corpo... 

 

estereotipos.jpg

Gordo-x-Magro.jpg

 

Até quando? Sobre o racismo e outras barbaridades...


M*

15.04.14

Pensei muito antes de escrever sobre as próximas palavras, porque nada tem haver comigo mas mexeram imenso comigo. Referem-se a uma pessoa que eu conheci à algum tempo e julgava nunca ouvir tais barbaridades. 

 

 

Jovem, vinte e dois anos. Futuro licenciado em Direito, futuro advogado quiçá, como ele acredita, juiz. Activo. Membro de um partido político. Fiel aos seus ideias e aos do seu partido.

Porém, como em quase tudo, existe um 'mas'...

Preconceituoso. Racista. Xenófobo. Não aceita que a liberdade e a diferença de uma minoria: a dos homossexuais. Odeia pretos... exactamente, odeia-os. Por ele, todos seriam exterminados. Porque? Não sei...! Sobre os primeiros, infelizmente até consigo entender o motivos, sobre os segundos, seja quais forem os motivos, esses não me me entraram na cabeça. Sobre os primeiros, argumenta que a sociedade não esta preparada para aceitar homossexuais; sobre os segundos nem sequer quis saber os motivos... Estamos em pleno século XIX! Por isso, por muito que tente, não entendo as razões para um ser humano não aceitar outro apenas e exclusivamente pela cor. 

Não, ele não nasceu numa família rica, num berço de ouro como muitos que eu julgava possuírem este pensamento tão retrógrado. Nasceu e cresceu numa aldeia, numa família humilde, simples e trabalhadora. Não, não é membro daqueles partidos de extrema direita com ideias bárbaros e agressivos mas quiçá se encaixa-se bem...

Estamos no ano 2014. Julgava que as diferenças de cor tinham ficado esquecidas no passado. Enganei-me... redondamente enganada. vinte e dois anos! Já nem falo na questão dos estudos e da sua futura categoria profissional... nem sequer quero saber que mais ódios trará aquele ser humano.

Até quando existiram pessoas assim?!

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D