Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Para ti,


M*

25.05.15

... que moras no futuro, uma carta para que me possas compreender.

 

Não te conheço. Não sei quem és. Não sei onde te encontrar. Imagino-te. Não sei o teu nome, mas quero acreditar que o conheço. Não sei qual será a cor dos teus olhos, mas imagino-os profundos. Não sei quais os teus sonhos, gostos ou caminhos que trilhastes mas, gosto de pensar que te conheço. Imagino-te. Sonho-te. Decifro-te. Não sei quem serás, tu que moras no futuro e, quiçá, já nos cruzado no passado, nos caminhos da vida. Dizem, li algures por aí, que todos nós nos cruzamos com os nossos amores (e amigos) muito antes de os caminhos se enlaçarem e se descobrirem, em alguma fase da vida embora, poucos o consigam provar, poucos se recordem, poucos o saibam. Gosto de pensar nisto... transmite-me força e esperanças.

 

No dia em que os nossos caminhos se enlaçarem, se de facto estivermos destinado, teremos um longo caminho a percorrer. Não te conheço mas, sobre mim, digo-te que sou um mundo de confusões. Provavelmente, no dia em que a vida nos colocar frente a frente, nem darei por ti... tenho a certa que não darei. Vou achar sempre que és demasiado para mim e que eu, para ti, sou demasiado... feia, gorda e nada para te ter comigo. O meu coração é demasiado estúpido para acreditar que também merece beber dessa alegria do amor de que todos falam. Terás de ter paciência, decifrar-me e não desistir. Quero que saibas que nunca tive muita sorte no campo amoroso e, quando certa vez me deixei apaixonar (ou me deixei iludir por uma paixão), julguei que seria para sempre. Imaginei mil e uma coisas, mil e umas frustrações e em mil e um bocadinhos me desfiz. Não será fácil para ti, para mim, mas preciso que me mostres o que queres de mim e por nós lutes.

 

Sou um mundo de confusões e, embora te sonhe e deseje, certamente que não darei por ti. Gosto de pensar que sou confiante, transmitir o sentimento de mulher independente, de ideias fixas mas, no fundo, não sou sou nada disto. Não sou confiante ou independente, derreto-me num abraço. Não sou tão gelada nem desconfiada como procuro mostrar. Na verdade, tu saberás como decifrar-me. Não sou tão teimosa nem tão mau feitio como todos dizem ou, de personalidade forte. Gosto de fingir que o sou para evitar que me voltem a magoar. Sou, no fundo e em verdade, ingénua, carente de um abraço teu, solitária e de fraca auto-estima mas, tu saberás como fazer revelar o meu verdadeiro eu. 

 

Gosto do silêncio, livros, chocolates, mar, observar, praias solitárias, escrever e descobrir. 

 

Não esperes que core num primeiro elogio. Provavelmente acreditarei que brincas comigo. Não esperes que compreenda um olhar. Provavelmente nem darei por ele. Não esperes que entenda certos planos. Provavelmente mostrar-me-ei inocente. Não esperes que eu acredite verdadeiramente em ti quando afirmares que gostas de mim ou sentes algo por mim... não esperes que seja fácil, porque sou demasiado eu para ser simples.

 

Não serei fácil e não te farei mil e umas promessas que não saberei, no agora, se serei capaz de cumprir. Não me faças promessas, não gosto delas. Não me abandones à primeira incerteza ou falha. Sonha-me. Decifra-me. Imagina-me. E, em mim vives todos os dias... falta, somente, que o destino nos cruze nos caminhos do futuro amor. 

 

Não sei quem és, onde estás ou como és e, no entanto, sonho-te, imagino-te e a ti escrevo estás palavras... uma carta ao meu futuro namorado. 

 

Demoras muito? Preciso de ti.

 

tumblr_static_15bmtxp3sg1wg0sk40ws8848s.jpg

 

*(a Just Smile desafiou-me a escrever uma carta àquele que te ama ou àquele que te vai amar...

eis a minha carta ao meu futuro namorado)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D