Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

Ter | 06.09.16

O Apelo do Anjo de Guillaume Musso.

M*
 Guillaume Musso conquistou-me profunda e definitivamente com este Apelo do Anjo. Senti, mal terminei de ler A Rapariga de Papel - o meu primeiro contacto com o autor -, que se tornaria num dos meus escritores favoritos e, de facto, rendi-me à escrita envolvente, misteriosa e cativante do escritor francês.   O Apelo do Anjo relata-nos a história de Madeline e (...)
Sab | 07.11.15

A rede social dos livros.

M*
Facebook, instragram, youtube, twitter. É fácil enumerar as redes sociais existentes no presente (e recordar outras que acabaram por cair em desuso). Usamos e abusamos delas (ou, de quase todas elas). O mundo virtual é feito de redes sociais... e de livros. Livros, milhões de livros, tantos quantos os utilizadores de redes sociais. É fácil, por isso, aliar redes sociais aos livros. A ideia é simples: basta escolher oito livros para oito redes sociais por intermédio de (...)
Seg | 05.10.15

Os livros do mês de Julho e Agosto.

M*
Era, a cada novo início de mês, meu hábito escrever sobre as leituras do mês finalizado. O mês de Junho foi o último que lhe dediquei. Julho e Agosto foram meses duros, complicados e de trabalho, contrariando a ideia tendencial de Verão, férias e descanso, complicando a minha escrita. Foram meses onde a escrita se afigurou escassa, tal como a minha vontade de escrever, consequentemente, o projecto
Qua | 23.09.15

Uma tag de livros musicais.

M*
Roubei uma tag divertidíssima que mistura livros com música... precisamente duas coisas que tanto gosto e aprecio.    Descobrir e realizar estas tags, para mim, é uma forma de dar a descobrir, de outra forma, os meus gostos literários e falar divertidamente sobre livros. Ora, a tag que eu hoje apresento e com a qual engracei foi roubada da Neuza, do youtube e blog Mil Folhas, (...)