Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Diz que,


M*

25.12.14

quando éramos mentirosos, mereceu honras de destaque aqui pela malta do Sapo Blogs,

Captura de ecrã 2014-12-25, às 09.06.49.png

Captura de ecrã 2014-12-25, às 09.06.22.png

 

e eu, ainda meia atordoada pelo sono, julguei que sonhava... um enorme obrigada! Um do miminho que encheu e alegrou o (meu-tradicional-e-aborrecido) dia de Natal.

 

* (este e outros destaques podem ser visualizados aqui)

Obrigada,


M*

01.12.14

equipa Sapo pelo destaque a um dos meus muitos sonhos - e que pode ser lido aqui

Captura de ecrã 2014-11-30, às 10.52.11.png

Captura de ecrã 2014-11-30, às 10.50.31.png

 

E, um enorme obrigado à Magda pelo carinho e gesto de amizade neste miminho,

hkejfga.jpeg

 

* (Magda, depois de Isabel Stilwell e de Carlos Ruiz Zafón, vou finalmente conhecer Ken Follet em Um Mundo Sem Fim)

Obrigado,


M*

20.11.14

pelos destaques, 

Captura de ecrã 2014-11-20, às 08.53.30.png

Captura de ecrã 2014-11-20, às 10.54.19.png

Escrevi o texto destacado há algumas semanas, talvez aquando da divulgação do segundo trailler do filme e depois de mais umas quantas partilhas excitadas do mesmo no facebook. É um daqueles textos que ficam a fermentar nos rascunhos como que esperando pela melhora altura para o publicar... e, sem qualquer motivo ou talvez porque não tinha mais nada para escrever, acabou publicado à dois dias. Escrevi o que me veio à alma, consciente despertaria amores e ódios de quem lê-se. Jamais imaginei que fosse alvo de destaque. Mas, ainda bem que o foi... Li comentários que me fizeram reflectir, algumas opiniões contrárias mas fundamentadas e os típicos comentários negativos e sem fundamento (que, não merecem qualquer atenção). A todos, do mais positivo ao mais negativo (mesmo aos que me crucificaram pelo erro ortográfico), o meu sincero obrigado.

 

A questão da violência psicológica e doméstica, seja num casamento ou no namoro, de homem contra a mulher ou da mulher contra o homem é um tema sensível e complexo ao qual não podemos simplesmente fechar os olhos. O livro de E. L. James não passa de pura ficção mas em alguma realidade se baseou... e, quantos de nós, ao lerem o livro, não sentiram que conheciam aquilo de algum lado? Aquela história ou aquele sentimento? Eu sim, confesso: momentos em que identifiquei com o meu passado ou com a história de alguém. A velha mania de dar um final feliz às histórias e de transformar os maus em bons... A linha que separa a ficção da realidade é frágil e o final é sempre distinto. 

Obrigado!


M*

08.10.14

Este é daqueles textos que eu preferia nunca ter escrito. Palavras que eu preferia não sentir. Um post que preferia nunca ter sido merecedor de destaque. Seria, seguramente, sinal de que estaria a trabalhar e não saberia o que é a vida de desempregada. Cada vez que falo da minha condição de desempregada é difícil evitar um ou outra lágrima. Infelizmente é a minha realidade... a minha e a de tantos mais. Momentos de revolta e tristeza. Por isso, aqui fica o meu enorme obrigado a todos aqueles que, de algum modo, se identificaram ou deixaram as suas palavras de apoio e à equipa do Sapo Blogs pelo destaque ao texto... a ver se, em breve, o destaque vai para o meu (finalmente) trabalho.

Captura de ecrã 2014-10-8, às 10.49.08

Captura de ecrã 2014-10-8, às 10.49.25Como escrevi nos comentários, é uma fase. E, como todas as fases, começou e há-de terminar... o importante é manter a esperança e não deixar que a revolta ganhe, arregaçar as mangas e ir à luta. Nada é eterno. O desemprego não pode nem será eterno... porque na vida à coisas bem mais graves.

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D