Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Uma Paixão Chamada Livros, 28/40.


M*

09.03.16

Dia Vinte e Oito

 

imagem desafio livros.jpg

 

Personagem literária que gostarias de conhecer...

 

As personagens literárias que eu adoraria conhecer são, igualmente, pessoas que viveram num passado mais ou menos real relatados em livros. Livros baseados em factos reais são deliciosos e, inevitavelmente, saber que aquelas personagens existiram, verdadeiramente, testemunham a força e a coragem com que viveram e ultrapassaram os desafios da vida. As minhas escolhas são, portanto, uma homenagem a mulheres, e a um homem, de caractér especial e extraodinária força de vida...

 

Valentino

51g8UVU61lL._AC_UL320_SR222,320_.jpg

 

D. Maria II 

9789896263690.jpg

 

Mary Broad

500_9789892303178_nunca_me_esquecas.jpg

 

Dita

BIBLIOTECARIA DE AUSCHWITZ_PR.png

 

Malala

1507-1.jpg

 

Filipa de Lencastre

img_388x579$2012_09_03_08_11_00_38210.jpg 

 

___

 

O desafio Uma Paixão Chamada Livros consiste em responder a quarenta questões sobre, tal como o título indica, livros. O desafio começa no dia 1 de Fevereiro, decorrerá nos dias úteis, sendo publicado às 15 horas. 

 

O amor pelos livros e pela leitura é partilhado nos blogues Magda PaisNathyJust SmileThe Daily MiacisMulaMiss FMarcianoAlexandraJPDrama QueenFatia MorCMAna RitaMJTeaCarla B.Neurótika WebbNoqeCaracolMorena e As Minhas Quixotadas onde podem consultar as suas escolhas literárias.  

Uma Paixão Chamada Livros, 15/40.


M*

19.02.16

Dia Quinze

 

imagem desafio livros.jpg

 

Um livro que custou a ler...

 

Há livros que nos marcam pela intensidade narrativa, marcando-nos e tornando-se complexos de ler. Não significa, porém, que se tratem de livros negativos ou que não se tornem nos nossos preferidos mas que, pela história que nos custou a ler, jamais esqueceremos. 

 

Livros sobre o Holocausto são, regra geral, dos livros que mais me custam ler... e é, no entanto, uma das minhas temáticas literárias que mais adoro ler. Outras das temáticas que não resisto a ler mas que, porém, me custam sempre a ler é sobre o estatuto das mulheres na religião Muçulmana ou sociedades orientais... na verdade, tudo o que sejam relatos de violência sobre mulheres. Livros onde a guerra, a escravatura ou a violência contra pessoas por questão de idade, cor de pele, nacionalidade, ideologia, orientação sexual, etc., são livros que me despertam a curiosidade e me custam a ler... no fundo, tudo o que sejam relatos baseados em factos reais, de violência contra pessoas por motivos mil. Não lhes resisto a ler e, no entanto, são dos livros que mais me custam a ler.

 

É, portanto, difícil seleccionar apenas um livro que me custou a ler... e assim, aqui fica a minha lista de livros que me custaram a ler,

 

Untitled.jpg

  

O Regresso de Victoria Hislop

O Rouxinol de Kristin Hannah

O Que é o Quê de Dave Eggers

Nunca Me Esqueças de Lesley Pearse

Deste Lado da Luz de Colum Mc Cann

A Contadora de História de Jodi Picoult

Dispara, Eu Já Estou Morto de Julia Navarro

O Rapaz do Pijama às Riscas de John Boyne 

Mil Sóis Resplandecentes de Khaled Hosseini 

Um Comércio Respeitável de Philippa Gregory

A Bibliotecária de Auschwitz de Antonio G. Iturbe

 

___

 

O desafio Uma Paixão Chamada Livros consiste em responder a quarenta questões sobre, tal como o título indica, livros. O desafio começa no dia 1 de Fevereiro, decorrerá nos dias úteis, sendo publicado às 15 horas. 

 

O amor pelos livros e pela leitura é partilhado nos blogues Magda PaisNathyJust SmileThe Daily MiacisMulaMiss FMarcianoAlexandraJPDrama QueenFatia MorCMAna RitaMJTeaCarla B.Neurótika WebbNoqeCaracolMorena e As Minhas Quixotadas onde podem consultar as suas escolhas literárias. 

Dia Dezassete. Livro(s) inspirador(es).


M*

17.05.15

É-me difícil, tal como foi em tantas outras questões deste desafio, seleccionar apenas um livro como inspirador. Um livro é, mesmo o pior, uma fonte de inspiração: boa ou má pela história que descreve, pela banalidade ou extraordinária lição que transmite, por aquilo que queremos ou não queremos para nós e para o nosso destino. A escolha, mesmo que reduzida a um pequeno top de livros, não é fácil e optei, para esta questão, seleccionar apenas biografias ou histórias baseadas em factos verídicos,

 

Eu, Malala

Malala Yousafzai

20131111114_malala.jpg

 Malala é a adolescente-coragem cuja voz os talibãs, sem qualquer compaixão pelos seus quinze anos, tentaram silenciar. Corajosa e destemida, Malala reivindica para si e para todas as meninas do Paquistão, o direito à educação, à escola, à liberdade. Uma biografia tocante, uma fonte de inspiração, uma ode aos sonhos, à luta e à  coragem. É comovente o amor que demonstra pela escola, a competição saudável que empreende com as colegas, o desejo de estudar livremente sem medo. Porque, enquanto muitos de nós desprezamos a escola e a educação, noutras partes do Mundo, o acesso a um direito fundamental é proibido...

 

Nunca Me Esqueças

Lesley Pearse

500_9789892303178_nunca_me_esquecas.jpg

 Nunca Me Esqueças é um romance histórico baseado na história verídica da vida de Mary Broad - ou, Bryant, apelido de casada. Filha de humilde pescadores, partimos à descoberta da Inglaterra do século XVIII onde, o roubo de um simples chapéu, o crime de Mary, pode levar à morte. Perdoado o castigo, Mary é obrigada a embarca, juntamente com outros condenados, no primeiro navio rumo à colonização da Nova Gales do Sul (a colónia dos condenados ingleses e actual Austrália). 

 

O livro sensibilizou-me pela relação próxima e humana que Mary estabeleceu com os indígenas, bem como de revolta e choque pelos relatos marcantes e desumanos das viagens realizadas pelos condenados e pela negligente atenção de Inglaterra para com os primeiros habitantes da colónia Nova Gales do Sul. É uma mulher avançada para a época, não se resigna ao papel social que é imputado às mulheres daquele século, dona de um enorme sentido de amizade e justiça, destemida e lutadora. Mary Broad ensina-nos a jamais baixar os braços, por mais dura que vida seja... É um dos meus livros preferidos e, de facto, o título enquadra-se na história relatada por Lesley Pearse: é impossível ficar indiferente à história de Mary Broad.

 

O Que É O Quê

Dave Eggers

s320x240.jpg

 Dave Eggers, através deste livro de título peculiar, relata-nos a história verídica de Valentino Achak Deng, um menino sudanês em luta pela sobrevivência. 

 

Valentino cresceu e viveu com a guerra, numa pequena aldeia no Sul do Sudão, privado de infância e adolescência, longe dos pais e da família, sempre em constante fuga. É, um livro de leitura difícil, não pela escrita, mas pelo relato das privações e dificuldades que o jovem, aliás, milhares como ele, passam para fugir à guerra. O Que é o Quê faz-nos reflectir sobre o valor da vida e o peso das religiões, no sofrimento de milhões em constante guerras, as dificuldades de integração dos refugiados noutras sociedades, no valor de pequenas e insignificantes coisas do nosso dia-a-dia que, noutro local do Globo, tanto valor ganhariam... como o relato que faz quando as crianças da aldeia observam pela primeira vez uma bicicleta. Apesar de todas as privações e de, em várias passagem, colocar em causa a existência de Deus e mostrar vontade de desistir, Valentino mostra-se um homem optimista e agarrado à vida, lutador e persistente... trata-se de uma leitura marcante, impossível de esquecer ou de ficar indiferente.

 

___

 

11180265_10153384994744636_836664787_n.jpg

  O desafio literário foi-me sugerido pela Magda. A ideia é, durante quarenta e cinco dias, todos os dias, à mesma hora, falar-se sobre livros, respondendo às questões sobre o universo dos livros. O objectivo do desafio é simples: se por um lado, consiste numa de gostos e experiências sob o mundo dos livros, por outro, este desafio leva-nos-à a pensar e a reflectir sobre os livros que já lemos. Iniciado a 1 de Maio de 2015 e durante 45 dias, neste blog, falar-se-à maioritariamente de livro. Não se esqueçam de visitar a Magda e conhecer as suas escolhas literárias

O próximo inquilino,


M*

17.10.14

Captura de ecrã 2014-10-17, às 21.48.08.

Eu, M*, aqui me confesso: não resisti à tentação e pequei... o pecado de comprar mais um livro.

Juro que tentei resistir, juro, mas com um preço de 10.50€ (um euro de portes) não tive como resistir. Expliquem-me, como se resiste a uma tentação destas, ainda mais sendo um romance de John Green? 

Portanto, só falta acabar de ler o actual * e receber o terceiro inquilino Green, depois de A Culpa é das Estrelas O Theorema de Katherine.

 

* (O Que é o Quê?, provavelmente um dos livros mais pesados que já li...)

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D