Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de M*

Caetana.

Conheci uma miúda com este nome... e não é a filha de uma famosa. Juro que não compreendo a necessidade de os pais colocarem nomes tão esquisitos aos filhos ou seguirem modas. Será que se lembram que depois da fase criança, passam à idade adulta e que o nome escolhido os acompanhará para todo o sempre? Caetana faz-me lembrar uma marca de automóveis. Os pais desta optaram por aderir à moda dos nomes esquisitos. 

A doce verdade de uma criança.

Um pestinha ou, na verdade, uma criança dos seus sete anos, entre no local de trabalho do meu pai com uma nota de vinte euros na mão e, dirigindo-se a mim, porque não viu mais ninguém, diz-me:

 

- Olá! Queria que me trocasse a nota.

- Olá pestinha! E queres moedas e notas ou só notas? - pestinha porque o conheço e, porque, antes da entrada na escola primária era, de facto, uma verdadeira peste irrequieta.

- Quero duas notas de cinco euros.

- Só queres duas notas de cinco euros, é?

- Sim, só quero duas notas de cinco euros.

- Então, sendo assim, posso ficar com a outra nota... a de dez! É para mim? - encolhendo-me os ombros e responde,

- Podes! Eu só quero duas notas de cinco euros.

- E o que é que tu dizes ao teu pai quando ele te perguntar pelo resto?

- Olha, que ele só me pediu duas notas de cinco... é verdade! - escondendo a vontade de me desmanchar a rir, remato a conversa,

- Oh pestinha... aqui tens as tuas notas, duas de cinco euros e uma de dez.

 

Agradece-me e segue destino. A doce verdade de uma criança.

Um mar de livros... estou a ler,

Mensagens

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.