Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 29 anos*

Sobre livros em segunda mão...


M*

30.12.14

O mundo dos livros em segunda mão vai, muito em breve, levar-me à falência e não me refiro só à carteira - de facto, é importante e sem dinheiro na carteira, aliás, no cartão, não há compras - mas também,

 

- da estante, que qualquer dia começa a acusar o sinal de excesso de livros,

- dos carteiros dos CTT porque, como a campainha de minha casa não toca e a caixa é pequenita, são obrigados a deixar o aviso (o que de pior pode acontecer é, ao passar em frente aos correios, ser reconhecida e chamada pelo carteiro para levar a encomenda em vez de esperar pelo dia seguinte, como já aconteceu),

- de mim mesma que, pelos motivos acima mencionados, sou obrigada a esperar pelo dia seguinte para ir buscar os meus livritos,

- tinha a hipótese de enviar as encomendas de livros para a morada do trabalho do meu pai mas, desconfio que nem chegava a ter tempo de abrir porque...

- qualquer dia os meus pais "matam-me" (não no sentido literal da palavra) ou deserdam-me ou algo assim - o meu pai já me olha de lado quando me vê com algum envelope e, aparentemente, começa a não pegar a ideia do são mais baratos ou é difícil encontrar estes em segunda mão,

 

e, é por isto que eu digo que me vai levar à falência ou algo semelhante... 

 

E, onde faço as minhas compras em segunda mão?

 

Através de diversos grupos no facebook ou no olx e tento aproveitar (e estar atenta) as campanhas do continente com promoções de 50% para livros em primeira mão - assim, por exemplo, adquiri Equador por uns 9€ e Ilusão Perfeita por uns 7€. Regressando aos livros em segunda mão, opto por valores inferiores a 10€ com a garantia dos portes de envio e, desta forma, nos últimos meses, enchi a prateleira com livros entre os 4 (até hoje, o valor mais baixo, embora tenha noção que consiga ainda mais baixo) e os 10€. Procuro comprar livros que sempre quis ler e, faço a pesquisa dos mesmos no universo dos livros usados. É impossível resistir, tomando como exemplos, a comprar Os Pilares da Terra por uns 20€ quando, apenas um livro, ultrapassa os 18 ou Catarina de Bragança por uns 8€. 

 

Pronto. Era isto. Vou ler mais um bocadinho.

 

** (Magda, entretanto já consegui o segundo volume de Um Mundo Sem Fim)

30 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D