Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

O milagre dos livros.

Livros. Mil e umas histórias, mil e umas personagens, mil e umas vidas. A eles lhes devo a capacidade de sonhar, de acreditar, de viver. Mil e umas viagens, a ânsia de uma nova vida viver, a vida como páginas de um novo capítulo. 

 

dngkdngv,ensgvls..jpg

 

Livros. No passado, nos períodos mais tristes da minha infância e adolescência, foi nos livros que encontrei a capacidade de sonhar. Foi neles que, nesses períodos em que não encontrava um apoio capaz de me ajudar, sonhei, viajei e conheci mil personagens. No passado, quando a vida segue trilhos distintos daqueles que imaginávamos, quando a esperança deixa de correr nas veias e na alma, quando não sabemos que caminho seguir ou como lidar com algo, foi graças aos livros que me reencontrei e me permiti salvar... porque, um dia, desacreditei, deixei de amar e sonhar, permiti-me deixar de lutar. E foi, no meio das páginas dos livros, que sonhei, amei, viajei, vivi e é, confesso, a cada nova página que vou folheando que me salvo a cada novo dia. 

 

portada_principe.jpg

 

 

Livros. O milagre da leitura, incompreensível aos olhos de quem não conhece o passado, de quem não conhece a história, aquela que tanto desejamos apagar, do eu presente. Para ti, que não compreendes a paixão pelos livros, explico-te: os livros devolveram-me à vida e deles necessito como se de um alimento se tratasse. Livros. A eles devo a capacidade de novamente sonhar e acreditar, a sanidade mental, a ânsia de ler mais e mais, de viver mais para ler mais. É esta a importância dos livros. Uma espécie de droga contra a depressão, o desânimo, o desacreditar e ir sem regresso. Livros. O milagre dos livros...

15 comentários

Comentar post