Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

Na caixa de mensagens,

Olá M. Para já gostaria imenso de saber onde mora e qual é a sua profissão. Eu, desde criança sempre acalentei o sonho de conhecer inglaterra e falo muito bem inglês. Tenho até um curso, e era a melhor na escola. Gosto de espanha e já lá fui e se pudesse escolher onde morar, ía morar para Las Palmas mas ilhas canárias. Adorei aquela ilha. Mas não perdi a esperança de ir a inglaterra . Bjs

 

Caro/a Anónimo/a,

 

Desde já, o meu enorme obrigada pela sua mensagem e por, de alguma maneira me acompanhar ou, pelo menos, ter dedicado uns minutos do seu tempo a ler o meu texto sobre Espanha. Ora, sobre mim e sobre as suas questões... 

 

Não me tome por indelicada mas, por razões que julgo serem evidentes, apenas lhe posso dizer que moro algures nas zonas de fronteira do Norte de Portugal. Excepto as zonas minhas vizinhas espanholas, Barcelona, Lloret del Mar e Mérida, não estive em mais parte alguma de Espanha. E, devo acrescentar que, à excepção de Lloret del Mar, pouco ou nada conheci das restantes. Quanto a Inglaterra, admito que nunca foi país que desperta-se a minha atenção e, confesso, tenho sérios problemas para compreender e aprender a língua inglesa; embora esteja a tirar um curso.

 

 

Por fim, em relação à profissão, vou ser sincera: nem eu mesma sei qual seja! Ok, vamos por partes... O curso em que me formei detêm uma designação mas, a verdade, é que a maioria daqueles que o frequentaram raramente encontram trabalho nessa área ou com essa designação. Passam a ser apelidados de tudo, menos o que realmente estudamos. Poucos de nós, de facto, adquirem o título do curso que frequentaram. Portanto, estudei na área das Ciências Sociais e Comportamentais, num curso onde quase sempre se impõem a pergunta mas para que raio dá isso? ou mas que raio é isso? para tanta coisa e tanto nada. Em resumo, dizer que sou desempregada serve como profissão? É um emprego a tempo inteiro... vá por mim!

 

Qualquer questão adicional, disponha. Ou, se preferir, utilize o email do blog, algures ali na barra lateral à esquerda, a cartinha no meio da casinha e do de facebook.

 

Beijos,

M*

_____________________________________________

 

Entretanto, amanhã regresso com o habitual... com qualquer parvoíce/pensamento que me venha à alma; embora, confesse, não ando muito amiga da escrita.