Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

Gosto de ti...

Chegaram os meus dias preferidos, dias repleto de magia e nostalgia. Para muitos, os dias de inverno são um autêntico tormento. Para mim, os dias de chuva e frio são repletos de sentidos, mil e umas formas de sentir, ouvir e ver.

Passo a explicar,

55f9ac48538afdc7bd3c9.jpg

     O som da chuva a bater na janela, quiçá, a melhor de todas as músicas.

     A chuva no meu rosto que me faz sentir tão viva e alegre.

     O cheiro da terra molhada.

     O som do vento na janela como que pedindo licença para entrar em casa.

     O sentir o vento no rosto como se alguém me acaricia-se o rosto.

     O frio que me faz tremer e os chás que me aquecem o coração e a alma.

     As roupas quentes, dos cascóis, chapéus, gorros e luvas numa mistura de mil e um bocados do que sou.

     O chapinhar nas poças de água, relembrando o lado bom dos tempos de criança.

     O universo colorido de guarda-chuvas de mil e uma formas e cores.

     As noites no sofá na companhia daquela manta quentinhas que me aquece o ser.

Gosto dos dias de chuva, do vento e do frio. Gosto do tempo melancólico e pachorrentos. Gosto da beleza destes dias, dos mil e um sons e cores. E, mesmo quando tenho de estar fora de casa, gosto destes dias, assim, acompanhados de tanta coisa. Atrevo-me a dizer que, são dias românticos... Para os enamorados, deixar que a paixão aqueça os corpos, a alma e os dias; para os solitários, o apreciar da nossa companhia. 

Gosto dos dias de chuva, do vento e do frio. Gosto dos dias de sol de inverno depois (ou, às vezes, no meio dela) da tempestade. Fazem-me lembrar que, tal como na vida, nem todos os dias maus são eternos... e que, quando menos espero ou quando desespero por dias bons, o sol aparece para aquecer quem sou.

Gosto de ti, dias de inverno *... por tudo isto e por mais alguma coisa.

 

* (bem sei que, ainda falta muito tempo até à chegada do inverno, propriamente dito, mas este ano é difícil de perceber em que estação estamos)

14 comentários

Comentar post