Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

31 | Coisas de blogger... L de Livros.

Livros são uma parte de mim e, portanto, nunca é demais, cansativo ou aborrecido falar sobre eles. A curiosidade partiu da querida Just Smile, desafiando-me a responder a mais uma e bem-vinda tag sobre livros.

 

Estou a ler...

Travessuras da Menina Má de Mario Vargas Llosa.

972-20-3146-5.jpg

 

O meu livro favorito quando era pequena... 

A Bela e o Monstro foi, desde menina, uma das minhas histórias infantis favoritas. Na adolescência, O Principezinho.

 

Estou ansiosa por ler...

Todos os que tenho na estante por ler (e à qual ainda lhe falta um livro que adquiri em segunda mão, Viver Depois de Ti de Jojo Moyes),

20150906_101723.jpg

Porém, um livro que quero muito ler e que ainda não tenho na estante é Toda a Luz Que Não Podemos Ver de Anthony Doerr.

 

Um livro que mudou a minha vida...

Um livro, independentemente da temática, ensina sempre qualquer coisa, acrescenta algo de novo, muda pequenas coisas do dia-a-dia, muda pequenas visões do Mundo. No fundo, não consigo identificar apenas um livro que tenha mudado a minha vida... qualquer livro do que li, mudaram a minha vida. 

 

O meu livro favorito para dar como presente...

Oferecer um livro dependeria, acima de tudo, da pessoa a quem se destina o presente. Li muitos livros e, dos diversos que li e conclui, qualquer um seria o ideal... dependeria, obviamente, dos gostos das pessoas.

 

O que está na minha mesa...

O Retrato da Mãe de Hitler de Domingos Amaral. (diz que lhe tomou o gosto pela mesa de cabeceira... eu ainda não desisti dele, eu ainda o irei terminar)

 

A minha livraria preferida...

Grupos de vendas em segunda mão no facebook, Bibliofeira, Wook ou note.it/Continente.

 

Adoro ler porque...

Simplesmente, faz parte de mim. Abrir um livro, tocar e folhear, leva-me a desligar do mundo real, a viajar e a assumir segundas vidas. Um livro é um refúgio, que me devolve a esperança, ensina-me algo e enche de sonhos. Não ler é como não viver...

 

Um livro do qual nunca me vou separar...

Mil Sóis Resplandecentes de Khaled Hosseini ou, na verdade e no fundo, os três livros.

Liv01040550_f_Fotor_Collage.jpg

Os livros de Khaled Hosseini transmitem mensagens poderosas de esperança, amor e amizade. Para mim, os três livros são tocantes e inesquecíveis mas, admito que este, Mil Sóis Resplandecentes, por ter sido o primeiro a dar-me a conhecer o escritor, está recheado de um significado especial. O livro é duro, um murro no estômago sobre ser mulher numa sociedade intolerante porém, é um livro recheado de esperança e fé, a força do amor e da amizade. 

 

Se pudesses entrar num livro, que livro escolherias? Serias a personagem principal?

Não consigo escolher apenas um livro... escolheria vários. Gostaria de entrar no universo mágico da saga Harry Potter ou nos mistérios que encerra o Cemitério dos Livros Esquecidos (fazem parte desta saga A Sombra do Vento, O Jogo do Anjo O Prisioneiro do Céu) de Carlos Ruiz Zafón. Gostava de ser uma personagem de D. Maria II (de Isabel Stilwell)  e entrar no Portugal dos reis e rainhas ou viajar para a ex-colónia de S. Tomé e Príncipe, na companhia do governador Luís Bernardo Valença do livro Equador (de Miguel Sousa Tavares). Queria ser uma espia como Sira, a costureira d' O Tempo Entre Costuras (de María Duenãs) ou uma viajante no tempo, como no livro A Mulher do Viajante no Tempo. Viajar a Istambul (livro A Bastarda de Istambul), conhecer elefantes em África (livro Tempo de Partir de Jodi Picoult) e embarcar até EUA com a cigana d' A Melodia do Amor, de Lesley Pearse. Seria mil e uma personagens, uma Rapariga de Papel (de Guillaume Musso), em mil e um locais, viagens, sonhos. 

 

 

Livros... é impossível resistir a livros. Livros são como drogas, viciantes e impossíveis de resistir, para alma. 

2 comentários

Comentar post