Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

É difícil resistir à tentação...



... de mais um livro.

Chovem, quase diariamente, promoções na minha caixa de correio. Uma pessoa resiste e resiste à wook ou à bertrand mas, volta e meia, não se resiste e num impulso lá se manda vir mais um ou dois livritos.

Já pensei em desactivar os referidos emails mas, volta e meia, encontram-se promoções interessantes e o receio de perder as mesmas é elevado. Sorte ou azar, estou desempregada... de contrário, desconfio que a minha conta bancária não resistiria nem o tempo seria suficiente.

Do destino e do amor.

O destino é malandro. É brincalhão. Gosta de dar voltas e voltas, enquanto esperamos que, em algum momento, ele se decida a cruzar os caminhos.

Porque na vida nada acontece por acaso e eles são a prova disso...

 

Provavelmente, tu e eu já nos cruzamos algures por aí... só falta o destino parar de brincar com os nossos caminhos.
Ou, quiçá, não passe tudo de uma mera coincidência. 

Dos meus filmes 1 | Remember Me

Poucos são os filmes capazes de me roubar algumas meras lágrimas ou, inclusive, de me deixar a chorar - contam-se pelos dedos de uma mão. Remember Me (em português, Lembra-te de Mimé um desses filmes... deixou-me a chorar e a reflectir sobre o futuro e a perda.

Robert Pattison dá vida a Tyler Hawkins, um jovem problemático e rebelde de 21 anos, em constante conflito com o pai. Ally Craig, interpretada por Emilie de Ravin, é estudante universitária e consigo carrega um passado traumático e inesquecível. Dois desconhecidos na cidade que nunca dorme, Nova Iorque, cujo destino resolve cruzar e brindar com o amor. Um filme recheado de frases marcantes, onde temas como o valor da família, a morte/suicídio ou o bullying são abordados. Tyler relata a sua própria história, interrompida pelos atentados de 11 de setembro de 2001 às Torres Gémeas, e capaz de roubar uma lágrima ao coração mais insensível. Inevitavelmente somos obrigados a reflectir sobre o futuro e imprevistos do destino, colocando-nos no papel do jovem Tyler e de todos aqueles que cedo o viram partir.

Para quem não viu, recomendo a compra de vários pacotes de lenços de papel. Podem tentar não chorar, como eu tentei, mas, cedo ou tarde, uma lágrima irá surgir. Um dos meus preferidos no género romance/drama.

Sobre Pattison, um ídolo entre milhões de adolescente e jovens, confesso que fiquei visivelmente surpreendida visto que nunca morri de amores por ele: sempre com a mesma expressão, cara de pão sem sal. Não vi os filmes da saga Twilight porque, sinceramente, o género não me desperta o mínimo de curiosidade, mas gostei bastante da interpretação em Remember Me, embora mantenha a opinião do pão sem sal (perdoem-me as fãs).

 

Gandhi said that whatever you do in life will be insignificant, but it's very important that you do it because nobody else will. Like when someone comes into your life and half of you says: "You're nowhere near ready". And the other half says: "Make her yours forever".

 

Whatever you do in life will be insignificant, but it's very important that you do it. Because nobody else will

 

If you could hear me, I would say that our finger prints don't fade from the lives we've touched.

Inspira-me 6 | As estatísticas.

O amigo sapinho quis saber,

 

E eu cá respondo à curiosidade com o top cinco dos post mais visualizados no estaminé, entre fevereiro e julho,

 

Impossível ficar indiferente a esta dor.

As palavras roubadas de um facebook alheio, do jornalista Hélder Silva, mereceram destaque na página oficial do Sapo (a 28 de Julho). Não tenho muito mais a escrever sobre uma imagem marcante e palavras de revolta. Pouco importam os motivos, quem começou ou como irá terminar. Pouco importa quem tira proveito dela. O que marca e deveria importar é a dor que ela deixa... as mortes e vítimas injustas que provoca.

É, provavelmente, o destaque que preferia nunca ter tido... as palavras e a imagem que não deveriam existir.

 

Inspira-me 3 | Itinerário de Férias

Um simples textos, a partir de uma pergunta, que parece ter encantado quem por cá passou. A minha viagem de sonho: à descoberta dos encantos da Europa, de ti e do nós... 

 

Eu quero! Eu quero!

Um kit especial lançado pela Coca-Cola na Ásia... e contínuo a desejar.

 

*Segredo

O desafio lançado pela equipa do Shiuuu aos blogs onde relato um bocadinho mais de mim e de uma memória negativa de um passado.

 

Inspira-me | Bolo Literário

O primeiro inspira-me resultou no primeiro recorte e a culpa é do meu bolinho especial... docinho, docinho, docinho!

 

No início nem reparei...

Quando são os medos que levam a melhor, o que resta? Restam as incertezas, as lembranças e os e se. Fica a promessa de que na próxima vez será diferente. É sobre isto que fala este texto... sobre aquilo que deixei escapar pelo medo. Porque, mesmo quando não relembramos aqueles momentos, fica sempre a dúvida.