Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um Mar de Pensamentos

Um mar de leituras. Um mar de sonhos. Um mar de conquistas, lutas e fracassos. Um mar de mil pensamentos. O diário de Maria, 28 anos*

Um Mar de Pensamentos

12 | Coisas de blogger... 9 perguntas para bloggers do Sapo.

A vizinha simpática Vanessa, do blog nuages dans mon café, desafiou-me a responder às próximas questões: são nove, ora confiram...

Captura de ecrã 2015-03-18, às 22.03.16.png 

O que vos levou a criar um blog?

No passado, como agora, tive outros bloggers mas, por diversos motivos, acabei por, com a ajuda do tempo, abandonar. Porém, a verdade é que sempre senti necessidade de desabafar e, é sempre na escrita e nas palavras que encontro esse refugio, a calma que preciso. Quando criei este blog, no princípio de dois mil e catorze, passava por um mau bocado e precisava de desabafar. Não me bastava um diário, queria sentir que não estava sozinha, que alguém me compreenderia sem julgar... e, sem dúvida que, um blog pessoal era a melhor forma de saber que não estava sozinha.

 

Porquê a escolha do Sapo?

Certa vez, decidi experimentar a plataforma da concorrência, ver como funcionavam os templates e afins, fiquei duas semana. Não gostei. Sentia-me sozinha e não me entendia com as funcionalidades da plataforma. Achava aquilo tudo demasiado complexo. Por isso, o sapo blog foi a primeira escolha. É simples e sinto-me acompanhada... e, a equipa por detrás do sapo é estupenda. Sempre atenta, disponível e em mudança. E, claro, a comunidade, os vizinhos e vizinhas bloggers que me seguem e acompanham. 

 

Notam alguma evolução na vossa escrita desde que começaram até hoje?

Para dizer a verdade, não. Mas, talvez quem me acompanha à mais tempo consiga responder melhor do que eu a esta questão... 

 

Sobre que temas mais gostam de falar?

De um modo geral, o que escrevo é algo que me agrada... mas, livros e sentimentos são dois dos temas que gosto de escrever.

 

Quais eram as vossas expectativas quando criaram o blog e de que forma têm vindo a ser concretizadas?

Não tinha qualquer expectativa. Não queria nem quero tornar-me famosa com o blog ou algo semelhante. Tal como respondi anteriormente, queria e quero escrever o que apetece, o que me chega à telha. Destaques, seguidores, comentários, como é lógico, são sempre bem vindos... são, para mim, sinal de que, de alguma maneira, se identificam e gostam do que escrevo. Mas, o mais importante, é escrever porque sim. 

 

Houve algum episódio caricato que tenha acontecido enquanto bloggers?

Num post da simple e nice, a propósito do uso do soutien e onde expressei a minha opinião, recebi uma mensagem, no email do blog, de um senhor onde fazia uma sugestão parva e ordinária. Fiquei de queixo caído ao ler a mensagem mas não me dei ao trabalho de responder... nem para o mandar a um certo sítio. Bem como, uma ou outra mensagem ordinária e idiota aquando deste destaque.

 

Notam alguma diferença entre os blogs mais antigos e os criados na actualidade?

É, como referiu a Vanessa: os mais antigos conseguiram apoios/parcerias, enquanto que, muitos dos recém chegados parecem procurar desesperadamente esses apoios. 

 

Podem-se fazer amizades através dos blogs?

É claro que sim! No presente, mantenho contacto com leitor de um blog que tive. Já conheci alguns dos leitores do estaminé e, com um deles, criei uma fantástica amizade, apesar da distância. E, depois, tenho as meninas do clube das pistogas leitoras, Magda, Nathy e Sofia que, de tantos emails que trocamos quase todos os dias, volta e meia me baralho toda (bem como o pobre do telemóvel). E, claro, o enorme carinho que tenho por vários vizinhos e vizinhas que por aqui passam... Definitivamente, é possível!

 

Quais os vossos desejos bloguísticos para o futuro?

Principalmente, manter-me fiel a mim mesma e continuar a escrever. 

 

Vanessa, muito obrigada pelo desafio.

(segue-se, em breve, o desafio querida da Miss Ana)

8 comentários

Comentar post